jusbrasil.com.br
18 de Dezembro de 2017
    Adicione tópicos

    Curso Defensores da Paz leva educação em direitos a Belford Roxo

    Defensoria Pública do Rio de Janeiro
    há 4 meses

    Com auditório lotado e público atento. Assim realizou-se a aula inaugural do segundo Curso de Formação de Defensores da Paz, na Casa de Cultura de Belford Roxo, no sábado (05/08). O encontro foi conduzido pela defensora pública Daniella Vitagliano, Coordenadora Geral de Programas Institucionais, e pelo defensor Fábio Amado, Coordenador do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos.

    Iniciativa da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, o curso promove a educação em direitos para lideranças comunitárias e o público em geral. A primeira turma, que se formou no ano passado, era composta por moradores do Complexo do Alemão e da Penha. Este ano, o curso é dirigido à população do município de Belford Roxo. As inscrições permanecem abertas até o dia 19 de agosto, ou até se esgotarem as 120 vagas disponíveis.

    "É função da Defensoria Pública fornecer ao cidadão o conhecimento de seus direitos e a forma de efetivá-los. Na primeira edição do curso, notamos que havia muita vontade e interesse das pessoas em participar e aprender, o que não está sendo diferente desta vez, pois alcançamos até agora quase noventa inscrições. Com o Defensores da Paz, a instituição contribui efetivamente para o empoderamento do cidadão, permitindo que ele conheça o caminho para cobrar do poder público as medidas necessárias para a garantia e o exercício de seus direitos e das pessoas que lhe são próximas. Para tanto, utilizamos, a fim de tornar acessível a linguagem jurídica aos alunos, muitas vezes sem instrução formal , diversos métodos como filmes, rodas de conversa, debates, teatro e batalha de rap, permitindo que aquele que ouve a nossa mensagem se identifique como sujeito de direitos violados e tenha a motivação necessária para agir. Educação em direitos é isso: educar para agir", declarou a defensora pública Daniella Vitagliano.

    A escolha de Belford Roxo para a realização do segundo curso Defensores da Paz segue a diretriz institucional de priorizar iniciativas de promoção de direitos na Baixa Fluminense e no interior do estado, como explicou Fábio Amado: "A Defensoria Pública do Rio de Janeiro escolheu Belford Roxo porque o município ostenta baixos índices de desenvolvimento socioeconômico. Pela primeira vez, promovemos o curso na Baixada Fluminense, região notoriamente conhecida por múltiplas e recorrentes violações de direitos humanos. Em parceria com organizações da sociedade civil locais e com a Secretaria Municipal de Cultura, as aulas permitirão aos inscritos uma participação social mais efetiva, um engajamento democrático mais acentuado e uma incidência estratégica nas políticas públicas, sem esquecer da qualificação no exercício do controle social".

    O programa prevê vinte aulas sobre direitos e garantias fundamentais, a fim de possibilitar o empoderamento das pessoas no que diz respeito ao conhecimento desses direitos e das formas para efetivá-los. A primeira aula será realizada no dia 19 de agosto, de 10h às 12h, na Casa de Cultura de Belford Roxo, situada na Av. Bob Kennedy, s/n, Nova Piam. Os encontros serão sempre aos sábados, nesse mesmo horário, e será emitido certificado de participação para os que frequentarem ao menos 70% das aulas. Direitos humanos, sistema de justiça, educação, moradia, saúde, abordagens policiais, tortura e discriminação são alguns dos temas abordados, entre outros. As inscrições podem ser realizadas através dos telefones 2768-3822 e 2767-1572 ou pelo e-mail cdh.ni@ig.com.br.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)